Reviews

Review: Future – High Off Life

Um dos rappers mais influentes da última década e também um dos maiores criadores de hits; esse é Nayvadius Wilburn, ou Future, como todos nós conhecemos. Mesmo com uma carreira (ao menos como Future) relativamente curta, muito do que aconteceu nos últimos anos no hip-hop mundial se deve a ele. Por isso, naturalmente, mesmo acabando de lançar o seu oitavo disco de estúdio, High Off Life, Future ainda consegue gerar ansiedade em quem o admira.

Motivos não faltam para essa admiração; Future consegue unir diversas facetas que existem no hip-hop, lembrando Lil Wayne, T-Pain e Kanye, ao mesmo tempo que é um artista singular. Além disso, Future foi um dos grandes responsáveis pela popularização do trap, praticamente cimentando caminhos para outros nomes que surgiram; Desiigner, Young Thug e Djonga aqui no Brasil já citaram Future como uma influência. Ao olharmos sua trajetória, vemos que isso é um resultado natural: Future tem mais de 20 canções (entre solos e colaborações com outros artistas) que foram top 10 da Billboard. Por isso, todo novo trabalho de Future nasce com uma espontânea grandiosidade, caso também de High Off Life.

Começando pela produção, High Off Life contém os maiores nomes do rap não apenas de Atlanta, mas do mundo, como Mike Dean, ATL Jacob e Wheezy. Tudo isso colabora para um instrumental simplesmente impecável; fica impossível não se encantar com os beats de “Trapped in the Sun”, os keyboards de “Touch the Sky”, ou até mesmo a flauta de “Posted With Demons”. Cada melodia é pensada para se encaixar com o humor de Future em cada canção.

Aliás, o disco, apesar de parecer monotemático, especialmente ao explorar os tópicos já tão conhecidos das músicas de Future (carros, mulheres e dinheiro), também deixa espaço para momentos mais melancólicos e reflexivos, como em “Accepting my Flaws” e “Up The River” (“Preciso recuperar a minha consciência/Eu posso sentir cronicamente em meu peito/Às vezes eu sinto que estou ficando sem fôlego”), ele canta na segunda.

Por fim, outro elogio vai para as colaborações, que dão um respiro para o álbum, uma vez que ele possui 70 minutos e tem nisso o seu ponto fraco, soando cansativo. Por muitas vezes, Future rima de uma mesma forma, o que torna a experiência exaustiva; entretanto, as participações de Travis Scott em “Solitaires”, Young Thug em “Harlem Shake” e especialmente a de Drake em “Life Is Good” (nome que originalmente intitularia o disco) alivia e traz mais variação às faixas. Há outras participações ótimas e que também merecem ser ressaltadas, como a de Lil Uzi Vert em “All Bad” e a de Meek Mill em “100 Shooters”. O remix de Life Is Good, última música que contém além da participação de Drake, DaBaby e Lil Baby, sintetizam o quanto Future se perde na própria grandeza em certos momentos: ela fica abaixo da versão original, especialmente por retirar boa parte do verso de Drake.

Ainda que não funcione muito bem como uma unidade, High Off Life contém momentos que reafirmam a versatilidade e a capacidade de Future em conquistar multidões, sendo aquele artista que consegue colaborar até mesmo com artistas muito diferentes do seu nicho, como Ed Sheeran e Taylor Swift. Muitas das faixas citadas se juntarão a coleção de monstros de Future, que sabe transformar o hip-hop em uma grande festa, especialmente sua. Um deus preso em seu próprio mundo, e que mesmo que por vezes se perca, sabe explorá-lo como ninguém.

Future – High Off Life

Lançamento: 15 de Maio de 2020
Gravadora: Freebandz/Epic
Gênero: Hip Hop
Produção: Ambezza, ATL Jacob, Brandon Finessin, Cubeatz, D. Hill, DJ Spinz, DY, LeftyDaProducer, Mike Dean, Morgan O’Connor, Outtatown, OZ, Riko Spazzin, Southside, Tay Keith, Teezyi, TM88, Too Dope, Vou, Wheezy, Will-A-Fool & Yung Icey

Faixas:
01. Trapped in the Sun
02. HiTek Tek
03. Touch the Sky
04. Solitaires (feat. Travis Scott)
05. Ridin Strikers
06. One of My
07. Posted With Demons
08. Hard to Choose One
09. Trillionaire (feat. YoungBoy Never Broke Again)
10. Harlem Shake (feat. Young Thug)
11. Up the River
12. Pray for a Key
13. Too Confortable
14. All Bad (feat. Lil Uzi Vert)
15. Outer Space Bih
16. Accepting My Flaws
17. Life Is Good (feat. Drake)
18. Last Name (feat. Lil Durk)
19. Tycoon
20. 100 Shooters (feat. Meek Mill & Doe Boy)
21. Life Is Good (Remix) (feat. Drake, DaBaby & Lil Baby)

Comentários