News

Dave Grohl vai lançar projeto solo

Dave Grohl dispensa apresentações, mas, para quem não sabe, é o ex-baterista do Nirvana, guitarrista, vocalista e basicamente “faz tudo” do Foo Fighters. A banda tem feito shows pelo mundo inteiro e continua na ativa, promovendo o último álbum Concrete and Gold (lançado em setembro de 2017). Atualmente, estão em turnê pela América do Norte, tendo shows com ingressos esgotados inclusive. Mas Dave é uma máquina workaholic e o cara não para nunca. A última novidade é que ele vai lançar um projeto solo chamado PLAY no dia 10 de agosto.

O anúncio foi feito nas redes sociais da banda e, voltando às origens, Dave toca todos os instrumentos nesse novo projeto (foi assim que ele gravou o primeiro disco do Foo Fighters em 1995: cantando, tocando baixo, guitarra e bateria, além de compor, produzir e gravar todas as faixas sozinho). Play será um documentário dividido em duas partes que encerra com Grohl tocando uma música de 23 minutos (!). A canção terá sete instrumentos diferentes. O objetivo é fazer uma imersão em estúdio e retratar os desafios e as recompensas de se dedicar ao estudo e à prática musical. O documentário também mostra crianças da escola de música San Fernando Valley tocando e praticando. Play será lançado em formato digital e em vinil. Seria Grohl apaixonado ou megalomaníaco? Provavelmente um pouco dos dois.

“Vendo minhas filhas (Grohl é pai de duas meninas – Violet Maye, de 12 anos, e Harper Willow, de 9) começando a fazer música e aprendendo a cantar ou a tocar bateria, me lembro de quando eu tinha a idade delas e ouvia discos, aprendendo ao escutar…e, quando eu levo minhas filhas para as aulas, vejo essas salas cheias de outras crianças que estão realmente se esforçando para aprender e entender. E mesmo agora, cmo um homem de 49 anos de idade, eu ainda estou tentando aprender e entender…não é uma coisa que você realmente domina um dia. Você sempre está buscando o próximo desafio, sempre procurando melhorar o que aprendeu”, diz Dave no comunicado.

Outra coisa muito legal do projeto é que a versão online permitirá ver cada instrumento separado, além de disponibilizar todas as partituras para que outros músicos e estudantes possam praticar a própria “Play”. Também será possível fazer doações e trabalho voluntário para ajudar diversas instituições de ensino de música para todas as idades, incentivando a apresentação de música ao vivo.