Reviews

Review: The XX – I See You

Um estilo ímpar, repleto de minimalismo musical e atribulado de romantismos nas letras. É assim que defino a banda The XX.

Ainda lá em 2009, lançaram o seu primeiro álbum, xx. As canções me surpreenderam já que, há muito tempo, não ouvia algo novo, íntimo e tão emblemático.

O segundo álbum, Coexist (2012), mesmo com todo estilo inovador e com críticas positivas, não trouxe tanto impacto. A banda deu apenas alguns retoques no som, mas eu como fã, esperava por uma mudança. Ela veio forte e marcante no seu novo disco, lançado em janeiro deste ano, o I See You.

O trio londrino demonstrou logo na faixa de abertura, “Dangerous”, essa transformação. Nela, os trompetes soam antes de qualquer elemento musical. Com uma pegada mais eletrônica, cheia de ritmo e vocal contagiante, o álbum se desdobra melhor a cada faixa.

I See You tem uma estrutura musical mais viva e poderosa, resultando em uma sonoridade diferente de tudo que fizeram. Um dos grandes responsáveis por essa mudança foi o produtor e DJ da banda Jamie XX, que criou uma série de composições instrumentais interessantes, com maior presença de guitarra, baixo e pick-ups, mas sem perder a personalidade da banda.

Na faixa “A Violent Noise” fica perceptível o novo estilo da banda, com uma batida que mescla elementos puxados para o pop. Novamente, Jamie XX deixa explicito como evoluiu em sua construção sonora, usando elementos para soar mais pop, mas sem perder a originalidade construída com os seus companheiros de estrada Oliver Sim e Romy Madley Croft.

Apesar das mudanças, aquilo que fez do The XX conhecido ainda se faz presente. As músicas “Replica” e “Brave For You” contam com traços marcantes do estilo musical proposto pela banda no início da carreira. As canções mantêm a originalidade, apesar da sonoridade conhecida.

Mesmo com a disrupção em seu novo álbum, ele não perdeu a essência que o trio londrino sempre passou – as músicas ainda falam de amor, corações machucados e expectativas – mas dessa vez, não contam com uma sonoridade tão melancólica.

É praticamente impossível ouvir I See You e não ter os sentimentos colocados à prova. A cada faixa, lidamos com uma provocação de forma única. O trabalho ficou como uma obra musical deve ser apreciada, sem pressa, se propondo somente a ouvir e deixar que cada faixa te afete de uma maneira diferente.

The XX – I See You

Lançamento: 13 de janeiro de 2017
Gravadora: Young Turks
Gênero: Indie rock / dream pop / alternative dance
Produção: Jamie Smith, Rodaidh McDonald e Romy Madley-Croft

Faixas:
01. Dangerous
02. Say Something Loving
03. Lips
04. A Violent Noise
05. Performance
06. Replica
07. Brave For You
08. On Hold
09. I Dare You
10. Test Me
[Deluxe]
11. Naive
12. Seasons Run
13. Brave For You (Marfa Demo)

Comentários