TV Audiograma

Adriana Calcanhotto aborda a morte do menino Miguel em “2 de Junho”

Adriana Calcanhotto resolveu abordar uma das recentes – e tristes – histórias do nosso Brasil em seu novo single, “2 de Junho”.

Lançada na última sexta-feira (18), a faixa retrata de forma forte o caso do menino Miguel, de cinco anos, que morreu após cair do 9º andar de um prédio em Recife. O garoto foi vítima da negligência de Sari Corte Real e a letra da canção descreve o ocorrido na manhã daquele dia 02 de junho.

A canção ganhou um clipe extraído da única apresentação virtual feita por Adriana Calcanhotto para promover o álbum , lançado durante a pandemia. A apresentação ocorreu no começo de setembro e a canção terá toda a sua renda revertida para o Instituto Miguel Otávio, criada pela UFRPE.

A direção e montagem ficaram nas mãos de Murilo Alvesso.