TV Audiograma

Explorando múltiplas linhas do tempo, duo Binarious lança clipe para o single “Artificial”

O duo Binarious lança nesta quarta-feira (28) o primeiro clipe de sua carreira.

Com exclusividade no Audiograma, o projeto brasiliense apresenta o vídeo de “Artificial”, faixa que une indie rock e experimentalismo e é a primeira amostra do EP de estreia da banda formada pela mineira Andressa Munizo e pelo brasiliense Jan Silva.

A produção aborda a questão das escolhas humanas enquanto acompanha uma mulher pela noite de Brasília, que serve de paisagem e também com personagem do clipe. A partir de um incidente, acompanhamos três diferentes realidades para a personagem, interpretada por Ana Vaz, da banda Dennehy. Cada uma dessas realidades se desenvolvem paralelamente ao longo do clipe.

Com Andressa na direção, “Artificial” cria uma metáfora em torno da teoria da relatividade para questionar as aflições dessa geração ao mesmo tempo em que acompanhamos o olhar de Munizo para a cidade de Brasília, local que ela adotou após nascer em Montes Claros. “‘Artificial’ também se refere aos sonhos. Se você almeja algo, deve correr para alcançá-lo, pois se você sonha parado e não se movimenta, o tempo acaba e de repente tudo não passou de um arrependimento em não ter tentado realizar aquilo”, revela.

Andressa começou a compor ainda criança, toca violão desde os 5 anos e guitarra desde os 9. Aos 10 anos, já buscava na internet modos de criar vídeos com suas músicas e começou a editar e trabalhar com pequenas produções musicais. Agora com dezenove anos e cursando Cinema, a jovem embarca no Binarious ao lado de Jan, que é baixista, programador e divide com Munizo a produção musical do projeto.

Após o clipe de “Artificial”, o duo se volta para o seu primeiro primeiro EP. Produzido pela dupla e com mixagem e masterização de Ricardo Ponte (Scalene, Koppa, Alaska), o trabalho está previsto para o começo de 2019.